Resenha - Os Instrumentos Mortais: Cidade de Vidro, por Cassandra Clare













Ficha Técnica:Nome Original: The Mortal Instruments: Cty of Glass
Autor: Cassandra Clare
Ano de Lançamento: 2011
Páginas: 474
Gênero: Aventura, Fantasia
Editora: Galera Record






Sinopse:
Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Resenha:
Após Clary encontrar Madeleine, a única que sabe como fazer com que a mãe acorde, ela quer ir para Idris com Jace, mas ele não a quer lá para a sua própria segurança, e para isso ele a trata da pior forma possível, fazendo com que ele e ela sofram.
Clary conhece Sebastian Verlac, primo de Aline Penhallow, um misterioso caçador de sombras, parece familiar para Clary, como Jace não a quer por perto, Sebastian acaba a ajudando a sua procura por Ragnor Fell, o feiticeiro que pode acordar a sua mãe.
Valentim não desistiu de destruir a Clave, e para isso não me esforços, ele vai fazer de tudo para destruir, até mesmo matar sua própria raça.
A luta se instala em Idris, e Caçadores de Sombras precisam de força para combater com Valentim, e nada melhor do que os membros dos Submundo, vampiros, lobisomens, fadas e feiticeiros.

Opinião:
O que falar? Eu estou encantada com a série, é uma coleção que você se prende até o final, não quer largar o livro até chegar no final.
Jace, meu Deus, ele sofre demais, não é possível, só fazem o menino sofrer e eu faço o que? Sofro junto. Clary também sofre demais, me deixando de coração na mão.
Alec cada vez mais se mostra um Caçador de Sombras surpreendente, Isabelle como sempre arrasando, Aline e Sebastian são duas pessoas que não conquistou a minha simpatia, principalmente Sebastian.
Um livro com tragédias, mortes que não queria que acontecesse, mas com uma história incrivelmente perfeita.
Eu recomendo muito esse livro.



You May Also Like

0 comentários