Indicação de Série - Atypical













Nome: Atypical
Gênero: Comédia; Drama; Romance
Classificação: 14 anos
Ano de Lançamento: 2017
Status: 1ª temporada disponível
Criação: Robia Rashid







A Netflix nos presenteou com mais uma produção simplesmente extraordinária. Atypical foi uma das séries mais doce e sensível que eu tive o imenso privilégio de assistir.
A história gira em torno da personagem Sam (Keir Gilchrist), um jovem autista que se vê em momento de sua vida no qual enfrenta vários desafios, pois, como qualquer outro jovem de sua idade, desperta para alguns interesses, como, por exemplo, a vontade de ter uma namorada.
Sam foi diagnosticado no espectro do autismo quando ainda era criança, o que auxiliou sua mãe, Elsa (Jennifer Jason Leigh), seu pai, Doug (Michael Rapaport) e sua irmã, Casey (Brigette Lundy-Paine), a aprenderem que suas vidas poderiam ser completamente normais, exigindo apenas algumas adaptações para o maior conforto de Sam.
Pessoal, o motivo que leva Atypical ser uma série extraordinária é a forma como ela trata do autismo, mostrando algumas das características que possam se apresentar de uma maneira leve a até didática, mas nunca focando na “doença”, e sim na pessoal por traz dessa condição  e, o que mais me chamou a atenção e o que torna a série especial, é que toda a história é contada segundo a perspectiva do próprio Sam, ou seja, ele nos mostra como ele enxerga o mundo e como ele se sente com o modo que as outras pessoas o veem.
 Isso realmente nos faz refletir sobre as inúmeras dificuldades de quem está no espectro do autismo de se sentir acolhido nas diversas esferas de convívio social e até mesmo na familiar. A série acaba mostrando que o conceito de normalidade está muito ultrapassado e, arrisco dizer, que ele realmente não existe! Todos merecem o respeito e a oportunidade de serem exatamente como são, sem julgamentos e livres da solidão ou exclusão compulsórias.
Enfim, Atypical está mais do que indicado! É uma série que todos deveriam ver! Tenho certeza que vão se encantar, como me encantei, com a sutileza que carrega a grandiosidade da produção.
E na segunda que vem teremos a Playlist dedicada à trilha sonora de Atypical, pois com certeza não deixou a desejar nesse quesito também!
Nany 

You May Also Like

4 comentários

  1. Confesso que essa não conhecia
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir
  2. Parece ótimo e eu preciso muito da Netflix na minha vida...rsrs

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!
      Realmente, Netflix é essencial... hahahahaha

      Excluir