Resenha - Príncipe Mecânico, por Cassandra Clare









Ficha Técnica:
Nome Original: Clockwork Prince
Autor: Cassandra Clare
Ano de Lançamento: 2013
Páginas: 406
Gênero: Aventura, Fantasia
Editora: Grupo Record







Sinopse:
Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres (ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada) foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Resenha:
Tessa após descobrir coisas que ela nem sonhava que existia, ela precisa descobrir o que é, superar a traição do irmão, tentar não ser sequestrada pelo Magistrado e ainda tentar esquecer as palavras que Will lhe disse.
A guerra entre a Clave e Instituto contra o Magistrado continua bem forte, eles precisam parar e descobrir os planos que o Alex Mortamain tem.
Tessa e Jem estão cada vez mais próximos, enquanto Will está mais misterioso ainda e lutando contra seus demônios.

Opinião:
Gente, eu sou suspeita para falar sobre esses livros. Cassandra Clare é uma gênia, uma mente com uma criatividade espetacular. Tenho que dizer que é sofrimento puro, Jesus, que isso, não sou de ferro não, o que eu sofri com o Will, com sua luta, com seu segredo, não é fácil.
E tenho que dizer, Will e Jem são os parabatais mais fofos, a ligação desses dois é linda, a amizade pura e verdadeira que eles têm é coisa mais linda que existe.
Os personagens te conquista de uma forma que você não imagina, o quanto eles sofrem, o quanto eles lutam, eu sinceramente amo cada um deles, é aquele Instituto que eu vou defender mesmo.
Recomendo mil vezes, se não gostou muito do começo do primeiro, digo para dar uma chance para essa coleção maravilhosa, não desista, não abandone, dá uma chance para esses livros.



You May Also Like

0 comentários