House M.D. x The Good Doctor


















           



Hoje temos uma disputa acirradíssima aqui no Blog: House M.D. X The Good Doctor, qual é a melhor série?
Bom, antes de tudo vou explicar o porquê da escolha dessas duas séries específicas. Em primeiro lugar, para deixar mais “justa” nossa disputa, ambas são dramas-médicos. Outro fator é que elas têm uma mente em comum por traz das câmeras, já que o criador de House M.D., David Shore, é um dos desenvolvedores de The Good Doctor, o que eu achei relevante para apontar os pontos positivos e negativos de cada série e no final decidir qual é a melhor.
Vamos começar por House M.D., série que se passa no hospital-escola Princeton-Plainsboro e segue um grupo de médicos composto pelo Dr. Chase (Jesse Spencer), pela Dra, Cameron (Jennifer Morrison) e pelo Dr. Foreman (Omar Epps), o qual é liderado pelo cético e mal-humorado Dr. Gregory House (Hugh Laurie). Sem dúvida é uma das séries mais aclamadas de todos os tempos, conquistando vários prêmios e indicada a vários outros em suas oito temporadas. Mas como nem tudo são flores tenho algumas ressalvas a fazer como, por exemplo, a excessiva importância que as doenças tem na série, entendo que é um drama-médico e ter os casos é parte fundamental, mas penso que o paciente em si, como pessoa, deveria ganhar mais espaço na trama. Outra parte que me decepcionou um pouco foi o final da série, como seu desfecho se deu, não sei se foi pela série ter uma trama bem desenvolvida, mas minhas expectativas para o final eram as mais altas possíveis e, infelizmente, não foi um final a altura de House M.D.
Agora vamos falar um pouquinho da novata The Good Doctor, trama que gira em torno da personagem Dr. Shaun Murphy (Freddie Highmore), um médico que está no espectro autista e tem a chamada Síndrome de Savant (“síndrome do sábio”). Shaun teve uma infância extremamente difícil, na qual encontrava apoio em seu irmão, Steve, para superar os vários obstáculos de sua vida, até que uma grande tragédia muda tudo isso. Pessoal, a série está apenas em sua primeira temporada e já se mostrou uma história impecável. Ela traz toda essa questão de preconceito e desconhecimento sobre o Autismo, despertando uma onda de reflexões na gente, pois é abordado de uma forma bem densa, mostrando como ainda há muitos desafios para quem está no espectro no que diz respeito, entre outras questões, à inserção no mercado de trabalho e a própria aceitação social e familiar livre de preconceitos.
E hoje o título de melhor série vai para The Good Doctor! Assistindo as duas séries, percebi que o que estava faltando em uma eu encontrei na outra, já que em The Good Doctor a doença do paciente é apenas a doença, e não um praticamente um personagem como acontece em House M.D.
Vale ressaltar que, apesar da vitória ter ficado com The Good Doctor, House M.D. é uma série excelente e com certeza vale a pena assistí-la!
Nany

You May Also Like

1 comentários