Meus 10 filmes favoritos


Bom, hoje eu vou trazer um post com meus 10 filmes favoritos, aqueles filmes da lista dos filmes que mudaram a minha vida, são filmes favoritos, mas vocês não vão vê-los nessa lista, eu trouxe outros para não ficar repetitivo ok? Vamos lá, qual são os meus 10 filmes favoritos?

10º) Chamas da Vingança (Man on Fire – 2004)
Uma grande onda de sequestros varre o México, fazendo com que muitos de seus cidadãos mais ricos contratem guarda-costas para seus filhos. John Creasy (Denzel Washington) é um desmotivado ex-agente da CIA, que é levado à Cidade do México por seu amigo Rayburn (Christopher Walken). Sem emprego, ele aceita a proposta de ser guarda-costas da pequena Pita (Dakota Fanning), uma garota de 9 anos que é filha de um industrial (Marc Anthony). Incomodado com as perguntas constantes da garota, John inicialmente vê seu novo trabalho como um fardo mas, aos poucos, cria amizade com Pita e passa a ter um novo ânimo em sua vida. O sequestro de Pita desfaz esta situação, fazendo com que ele, mesmo ferido, parta para resgatá-la a qualquer custo.
Classificação: +16
Esse filme é bem antigo, mas é muito bom, eu já assisti umas 5 vezes, eu sou apaixonada nesse filme, amo muito mesmo. Dakota arrasa na atuação e a história que envolve sua personagem, Pita, e o seu segurança, John, Denzel Washington, é maravilhosa, eu adoro a relação dos dois, e eu sofri muito nesse filme, mesmo que é antigo vale a pena assistar.

9º) A Bela e a Fera (Beauty and The Beast – 1991/2017)
Moradora de uma pequena aldeia francesa, Bela (Emma Watson) tem o pai capturado pela Fera (Dan Stevens) e decide entregar sua vida ao estranho ser em troca da liberdade dele. No castelo, ela conhece objetos mágicos e descobre que a Fera é, na verdade, um príncipe que precisa de amor para voltar à forma humana.
Classificação: +10
Tanto o desenho quanto o filme são dos meus favoritos. O conto de fadas que eu mais gostava era da Bela e a Fera, porque não é aquele herói, príncipe encantado, eu sempre gostei mais daqueles mais reais, com imperfeições, com seu lado sombrio, até porque ninguém é tão perfeitinho e certinho, então sempre gostei mais do lado mais real da humanidade. E acho que me identifico com a Bela, o hábito de ler, ser independente, gostar de sonhar e falar o que pensa, sempre gostei muito da Bela, e sempre gostei muito da Fera, então em ambos eu me encantei e Disney sabe fazer filme não é verdade?


8º) O Sexto Sentido (The Sisth Sense – 1999)
O psicólogo infantil Malcolm Crowe (Bruce Willis) abraça com dedicação o caso de Cole Sear (Haley Joel Osment). O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente.
Classificação: +12
Sexto Sentido é um dos filmes de suspense que mais me marcou, a primeira vez que tentei assistir, eu era muito nova, então eu fiquei impressionada, mas depois de alguns anos eu fui assistir mesmo e é maravilhoso esse filme, tenho que dizer que Haley arrasa no papel de Cole, ele é uma gracinha. E a famosa frase "I See Dead People" (Eu vejo pessoas mortas). Essa cena ficou marcada na minha cabeça. Hoje todos sabem o que realmente acontece, mas quando o filme lançou, a descoberta é impactante, eu adoro esse filme.



7º) 10 Coisas que Eu Odeio em Você (10 Things I Hate About You – 1999)
A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada.
Classificação: +12
Baseado em A Megera Domada de Shakespeare, eu sou extremamente encantada pelas obras de William Shakespeare, então é óbvio que esse filme iria me encantar. E ainda tem o tão querido Heath Ledger, que nos deixou cedo. Esse filme é bem clichê, mas é tão amorzinho, é tão fofinho, já assisti umas 400 vezes, eu decorei o filme. Assista, mesmo que bem um clichê, vale a pena, você se diverte, se emociona, se irrita, torce e no final fica bem feliz.

6º) Orgulho & Preconceito (Pride & Prejudice – 2005)
Inglaterra, 1797. As cinco irmãs Bennet - Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan) - foram criadas por uma mãe (Brenda Blethyn) que tinha fixação em lhes encontrar maridos que garantissem seu futuro. Porém Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido, sendo apoiada pelo pai (Donald Sutherland). Quando o sr. Bingley (Simon Woods), um solteiro rico, passa a morar em uma mansão vizinha, as irmãs logo ficam agitadas. Jane logo parece que conquistará o coração do novo vizinho, enquanto que Elizabeth conhece o bonito e esnobe sr. Darcy (Matthew Macfadyen). Os encontros entre Elizabeth e Darcy passam a ser cada vez mais constantes, apesar deles sempre discutirem.
Classificação: Livre
Eu sou suspeita para falar sobre esse filme, porque eu realmente amo muito. Darcy é Darcy. Baseado na obra de Jane Austin, um clássico, todos conhecem, já ouviram falar, e agora na globo tem uma novela das 18h baseada no livro e no filme, Orgulho & Paixão. Eu amo esse filme, e olha que não sou muito de filmes de época, mas esse é uma exceção. Vale a pena assistir, vale a pena se encantar pela mudança do Darcy, um cara machista, preconceituoso sim, mas que muda por conta de Elizabeth, ela o ensina muitas coisas, e ela ensina muitas coisas para nós espectadores também. Esse filme é um clássico. Vale a pena assistir.

5º) A Primeira Vez (The First Time – 2012)
Dave (Dylan O'Brien) é platonicamente apaixonado pela melhor amiga Jane (Victoria Justice). Já Aubrey (Britt Robertson) namora Ronny (James Frecheville), um músico que não a compreende. Em uma sexta à noite, os caminhos de Dave e Aubrey se entrelaçarão, e ao longo do fim de semana muitas descobertas serão feitas pelo casal.
Classificação: +14
Outro filme que sou suspeita para falar, é esse. Tem Dylan O'Brien, só por isso já me fez assistir, esse menino arrasa. É uma história de amor que era improvável, eles estavam com outras pessoas, mas eles se conheceram, ficaram amigos, e algo surgiu ali, mostra dois jovens no dilema da primeira vez, é muito interessante como acontece, e que nem sempre é dos sonhos. Eu amo muito esse filme. Vale a pena assistir, é bem teen e bem clichê, mas assistam.





4º) Ela Dança, Eu Danço (Step Up – 2006)
Após depredar um colégio, Tyler Gage (Channing Tatum) é enviado para fazer serviços comunitários em uma escola de artes. Lá ele conhece Nora Clark (Jenna Dewan), uma bela aluna de dança moderna que precisa urgentemente de um novo parceiro. Tyler está acostumado com as danças de rua, mas reluta à ideia de ser o novo parceiro de Nora. Aos poucos ele aceita a ideia e passa a se envolver com Nora.
Classificação: +12
Esse filme aqui me fez se apaixonar por filmes de dança, por street dance, amo muito esse filme, Channing me conquistou nesse maravilhoso filme, e o casal Channing e Jenna me conquistou também, ele se casaram, tiveram uma filha, mas em abril desse ano eles se separaram, isso me arrasou, eles eram tão perfeitos juntos. Mas enfim não estou aqui para falar da vida pessoal dos dois, estou aqui para falar desse filme maravilhoso. Retrata duas classes sociais, as diferenças, o preconceito, o egoísmo, além da dança, esse filme é uma coletânea de temas. Sofri com esse filme todas as milhões de vezes que assisti. Recomendo.

3º) O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain – 2005)
Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennis Del Mar (Heath Ledger) são dois jovens que se conhecem no verão de 1963, após serem contratados para cuidar das ovelhas de Joe Aguirre (Randy Quaid) em Brokeback Mountain. Jack deseja ser cowboy e está trabalhando no local pelo 2º ano seguido, enquanto que Ennie pretende se casar com Alma (Michelle Williams) tão logo o verão acabe. Vivendo isolados por semanas, eles se tornam cada vez mais amigos e iniciam um relacionamento amoroso. Ao término do verão cada um segue sua vida, mas o período vivido naquele verão irá marcar suas vidas para sempre.
Classificação: +16
Esse filme é um clássico, passa no século passado, são dois jovens que precisam de emprego e vão trabalhar juntos, eles ficam sozinhos durante uma temporada, a do verão, ali começa uma relação homoafetiva, mas imaginam isso no século XX, se é complicado hoje em dia, agora imagina isso nos anos 60, sim, pessoas homofóbicas, preconceituosas, e nem eles mesmo aceitavam o que eram, principalmente o Ennis. Tenho que destacar o talento de Heath Ladger e Jake Gyllenhaal, eles arrebentaram, é um arraso. Um filme triste, bem sofrido, ainda não superei o final. Tenho que dizer que quando fui assistir esse filme pela primeira vez, eu tinha 12/13 anos, eu assustei, nessa época que o filme foi lançado as coisas não eram abertas como é hoje, eu não entendia muito bem isso, em 2005 ainda era bem precária a situação para ser aberta para relações homoafetivas, eu não sabia muito o que era aquilo, eu não entendia, então fiquei assustada e impressionada, não acabei de assistir o filme, até porque eu fiquei chocada. Depois de alguns anos eu assisti, cresci, mudei, entendi que é normal. Não tem nada de diferente, eu amo esse filme e recomendo muito.

2º) O Espetacular Homem-Aranha (The Amazing Spider-Man – 2012)
Peter Parker (Andrew Garfield) é um rapaz tímido e estudioso, que inicou há pouco tempo um namoro com a bela Gwen Stacy (Emma Stone), sua colega de colégio. Ele vive com os tios, May (Sally Field) e Ben (Martin Sheen), desde que foi deixado pelos pais, Richard (Campbell Scott) e Mary (Embeth Davidtz). Certo dia, o jovem encontra uma misteriosa maleta que pertenceu a seu pai. O artefato faz com que visite o laboratório do dr. Curt Connors (Rhys Ifans) na Oscorp. Parker está em busca de respostas sobre o que aconteceu com os pais, só que acaba entrando em rota de colisão com o perigoso alter-ego de Connors, o vilão Lagarto.
Classificação: +10
Eu sempre amei o Homem-Aranha, e para mim Andrew Garfield é o MELHOR Homem-Aranha que já criaram, ele se encaixou totalmente na história, e tenho que falar que é bem fiel aos quadrinhos sim. Andrew e Emma tem uma química tão maravilhosa, outro casal na vida real e que se separaram, tristeza. Mas esse filme é muito bem feito, Andrew é o Homem-Aranha perfeito. Desculpa quem ama Tobey Maguire, ele fez um bom papel, e para quem ama Tom Holland, ele arrasa também, mas ninguém irá superar Andrew Garfield, quando a Marvel disse que ele não iria fazer mais o Homem-Aranha eu fiquei bem mal, chateada e não sabia se iria assistir o filme que iria sair. Mas enfim, ainda acho que poderiam ter continuado com Andrew Garfield. Gosto muito do segundo filme da franquia, mas o primeiro me conquistou mais, me encanta, sofro com esse filme, com o segundo, principalmente, eu recomendo muito para quem ama Homem-Aranha, porque é um dos melhores filmes da franquia Spider-Man.

1º) Mogli, o menino lobo (The Jungle Book – 1967/2016)
A trama gira em torno do jovem Mogli (Neel Sethi), garoto de origem indiana que foi criado por lobos em plena selva, contando apenas com a companhia do urso Baloo (Bill Murray) e da pantera negra Bagheera (Ben Kingsley), sem nenhum contato com humanos. O menino é amado pelos animais, mas visto como uma ameaça pelo temido tigre Shere Khan (Idris Elba), que está decidido a matá-lo. Com a família de lobos ameaçada, Mogli decide se afastar. Baseado na série literária de Rudyard Kipling.
Classificação: +10
Para quem acompanha o blog, sabe que eu já falei desse filme aqui. Tanto o desenho quanto o filme são meus filmes favoritos, quando eu era criança eu assisti esse desenho milhões de vezes. Eu assistia praticamente toda semana. É tão bonitinho a relação do Mogli com o Baloo a Bagheera, eu amo demais. O final do filme é diferente do final do desenho, prefiro o final do filme. Mas é bem leal, e o filme foi muito bem feito, a selva, os perigos da selva, é maravilhoso, eu fiquei encantada com o filme, eu tinha muito medo de fazerem besteira com o meu desenho, mas me surpreendi muito. O filme é tão realista, mas foi tudo computação gráfica, ficou perfeito. Eu não tenho nem o que falar desse filme porque eu sou extremamente apaixonada. Vale a pena assistir, vale a pena rever o desenho e apreciar esse filme maravilhoso que fizeram de Mogli.

Esses são meus 10 filmes favoritos, tem algum igual? E quais são o seus?


You May Also Like

2 comentários

  1. Ainda não assisti nenhum desses acredita? Valeu pelas dicas :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir