5 curiosidades sobre "13 Reasons Why"




No último mês, “13 Reasons Why” estreou sua segunda temporada na plataforma de streaming Netflix e hoje vamos falar um pouquinho sobre algumas curiosidades a respeito da série.
Apesar do sucesso absoluto, houve certa divisão de opiniões se a série deveria ou não arriscar uma segunda temporada. Aqueles que leram o livro e acompanharam a adaptação geralmente apresentavam certo receio, enquanto outros acharam a continuação válida e esperaram ansiosamente por ela.
Bom, para mim fiquei no meio termo, pois ao mesmo tempo em que esperava a resolução de algumas pontas soltas da primeira temporada, fiquei com um pouco de medo de como seria a abordagem para a segunda.
No entanto, depois de assistir todos os episódios da segunda temporada, minha impressão geral foi positiva. Eu simplesmente amei na forma como eles trataram com extrema realidade os acontecimentos da trama, que em minha opinião foi o que garantiu mais uma vez o sucesso da série. Porém, achei que forçaram alguns eixos na história que para mim não fez sentido algum.
Enfim, é uma série “pesada”, mas que precisa ser feita e assistida e que no fim das contas acaba cumprindo seu papel, além do entretenimento, de levantar discussões a respeito de assuntos extremamente delicados, complexos e sérios.
E para quem já assistiu ou para quem está querendo começar, é uma série que eu super recomento e, agora, vamos as curiosidades prometidas:

1        *Devido ao teor extremamente “pesado” de várias cenas, o nosso querido elenco recebeu o auxílio terapêutico dos nossos amiguinhos de quatro patas! Sim, durante as gravações, cachorros eram trazidos até os atores e atrizes para dar uma aliviada no ambiente.
2     *Antes de virar a série, o livro seria uma adaptação para as telonas estrelado por Selena Gomez, porém acabou sendo uma adaptação para série e Selena acabou como uma das produtoras.
       *A Netflix também produziu uma espécie de documentário intitulado “13 Reasons Why: Tentando Entender os Porquês”, o qual reúne atores, produtores, roteiristas e consultores que falam sobre como realizaram a abordagem de temas tão difíceis na série.
       *Tivemos um brasileiro no elenco da primeira temporada! Sim, o ator Henry Zaga interpretou Brad durante 4 episódios.
5       *No Brasil, o CVV (Centro de Valorização à Vida), organização sem fins lucrativos dedicada, entre outras coisas, à prevenção ao suicídio, registrou um aumento de 100% nos pedidos de ajuda após a estreia da série.






You May Also Like

0 comentários