Resenha - Cinder e Ella, por Kelly Oran



Resenha:
Ella é gente como a gente, apaixonada por livros e uma série em particular. Ela tem um blog onde resenha sobre livros e filmes. Ella recebeu seu nome por conta do seu personagem favorito, o que também era da sua mãe.
E por conta desse blog, Ella encontra seu melhor amigo virtual, Cinder. Eles estão conversando e estão tentando entrar em consenso de como se conhecer, mas acontece um acidente, onde sua mãe morre e ela tem 70% do seu corpo queimado, a deixando aleijada e com cicatrizes.
Ella tem que viajar o país para morar com o seu pai, que a abandonou quando pequena, porque não é capaz física e emocionalmente de viver sozinha segundo os médicos. E para escapar disso ela precisa convencer que é capaz sim. Ella tem que se adaptar ao mundo novamente, onde existe preconceito, com uma família que não dá a mínima para ela. E para se curar, ela se reconecta com seu melhor amigo.
Porém Cinder não é uma pessoa comum, ele é Brian Oliver, um ator sensação de Hollywood, e causador de problemas. Essa identidade real de Cinder é desconhecida por Ella, e Brian prefere assim.
Brian tem a chance de fazer o príncipe Druída em um filme, mas para isso ele precisa largar a vida de selvageria e mostrar que ele amadureceu, seu assessor arranja um casamento falso com a coadjuvante Kaylee, que é uma chata. Quando o email de sua amiga virtual chega depois de meses, sentimentos "esquecidos" voltam com toda a força dentro de Brian.

Opinião:
Só o nome já dá para saber qual o conto de fadas que é baseado não é verdade? Sim, Cinderela.
Gente, na minha cidade, no shopping, tem uma geladeira onde tem vários livros, você pega, lê e devolve, e lá você pode doar livros também, em um belo dia, resolvi olhar os livros que tinha e acabei me deparando com esse livro, eu fico me perguntando por que não li esse livro antes?
É tão real, com problemas tão reais, com uma crítica ao mundo de Hollywood, sim, existe namoros, casamentos fakes para limpar a imagem, esconder sexualidade de artistas.
E também sobre o preconceito que Ella vive, sempre em busca do padrão da beleza, sempre ser linda, perfeita, mas as coisas não são assim.
Se você ainda não leu, leia, não perca tempo, esse livro é maravilhoso, é uma leitura leve. E tenho que dizer Cinder é a coisa mais fofa do universo, não tem como não se apaixonar.



You May Also Like

0 comentários