Bienal do Livro de SP 2018



Bom, minha primeira bienal! Então não tem como comparar organização, não tem como comparar com a do Rio… mas irei contar minha experiência na Bienal!
Eu fui nos dias 11 e 12 de agosto, sábado e domingo, passamos a madrugada inteira viajando, porque cidade é longe pra caramba de São Paulo.
Mas vamos falar sobre a pré-bienal, sobre a senhas, na primeira distribuição de senhas para a Victoria Aveyard, no dia 11,eu não consegui pegar a senha, porque o site não carregava, e quando carregou, já tinha acabado, as senhas acabaram em menos de 1 minuto, pela tanta procura teve uma segunda distribuição para o domingo, dia 12, e esse dia sim eu consegui pegar, mas o e-mail da confirmação não chegava e aquilo foi me dando uma agonia, comecei a pensar que tinha digitado o e-mail errado, mas na madrugada chegou.
A senha do David Levithan, eu não consegui, mas a Nany conseguiu, e da Marissa Meyer, eu, a Nany e a Ana conseguimos.
Mas enfim, vamos voltar para a Bienal… ao chegar no Anhembi, no sábado, tinha muita gente, para entrar até que foi bem tranquilo, entramos as 10h, mas já tinha muita gente lá dentro. Estava lotado, tinha fila para tudo, banheiro, comida, para tirar foto, pessoas que foram em outros dias, disseram que dia 11 foi o dia mais lotado da Bienal. Nos Stands estava impossível de entrar, no da Rocco era um empurra empurra, que meu Deus, o que era aquilo? No da Record para conseguir tirar foto da Caleana, era uma vitória… Dia 11 eu fiquei mais em fila de autógrafo do que tudo, comprei bastante livros, para variar, não tem como não comprar. No sábado eu peguei autógrafo da M.S. Fayes, Babi A. Sette, FML Pepper, Carina Rissi, a Nany pegou também do David Levithan e Ana Beatriz Brandão e a Ana pegou do Maurício de Sousa.
Domingo foi bem mais tranquilo, dava para andar normalmente, e ai sim deu para ver bem mais coisa, quando eu entrei no stand da Arqueiro, tinha livros por R$9,00. Ai não tem como não comprar, comprei 4 livros, isso porque eu já tinha falado que não ia comprar mais livros, mera ilusão, comprei livro por R$10,00. Teve livro que paguei 25, 30, 20, 35… Mas enfim, não me importei, estava lá para me divertir e gastar um pouquinho. Já no domingo eu peguei autógrafo da Marissa Meyer e Victoria Aveyard. Que fiquei na fila das 14h as 17h, mas ok, valeu a pena, estava com um monte de livro, estava pesado, não dava para ficar andando e já tinha gastado muito, não podia mais entrar em NENHUM stand.
Foi uma das melhores experiências, você encontra de tudo na Bienal, é muito divertido, adorei e pretendo voltar em outras mais, vale a pena, é um meio de você conhecer os autores, de conversar com eles, de conhecer novos autores, acho isso importante, realmente só vai na Bienal quem gosta de ler.
Achei interessante também, que muitos blogueiros vão divulgar seu blog, levar brindes, coisas que mais ganhei na bienal é marcador de livros.
Anhembi é gigante, meu Deus, que lugar enorme… andei aquele lugar inteiro, cansei, mas valeu a pena.

Book haul a Bienal…
Vamos para as compras da Bienal, eu comprei, 15 livros… sim 15…

Cinder - Marissa Meyer
A Terra Mágica de Euclides - Zirah
Graça e Fúria - Tracy Banghart
A Queda dos Reinos - Morgan Rhodes
Senhorita Aurora - Babi A. Sette
Sunshine - M.S. Fayes
Máscaras - FML Pepper
Caminho das Sombras - Brent Weeks
Á Margem das Sombras - Brent Weeks
A Mentira de Locke Lamora - Scott Lynch
Mares de Sangue - Scott Lynch
República de Ladrões - Scott Lynch
O Mapa de Vidro - S.E. Grove
Six of Crowns - Leigh Bardugo
A Rainha Vermelha (edição colecionador) - Victoria Aveyard


E essas fotinhas são dos brindes que ganhei…

 

Confira o vídeo da bienal...






You May Also Like

0 comentários