Resenha - The Beauty of Darkness, por Mary E. Pearson


OBS: Spoiler de quem é o assassino e quem é o príncipe, se ainda não leu o volume um, não recomendo ler essa resenha

Resenha:
Lia e Rafe conseguiram fugir e sobreviver a Venda, mas ambos estão debilitados e há um longo caminho a percorrer até o posto mais próximo de Dalbreck. Os quatros aliados do príncipe os encontram e os ajuda. Porém eles têm dúvidas do que deixaram para trás, será que o Komizar morreu mesmo? Há um grupo de Rahtans atrás deles? E Kaden? O que houve com ele?
O que Lia tem bem claro em sua mente é que ela precisa chegar em Morrighan o mais rápido possível e avisar seu pai de que um exercito está a caminho com o Komizar, tanto quanto o antigo ou o que vai tomar seu lugar, para destruir o reino de Morrighan, o que ela não imaginava é que Rafe não tem essa mesma ideia, os planos dele são outros, já que o que importa para ele é o seu reino, Dalbreck. E esses planos diferentes abala a relação de Lia e Rafe.
Lia sabe que no reino de Morrighan existe traidores e que ela precisa descobrir. Ela chega até pensar que seus pais estão envolvidos. Lia está com saudade de casa, dos irmãos, ela precisa salvar seu reino e é isso que ela precisa fazer, Rafe apoiando e acreditando ou não, ela tem que salva-los.

Opinião:
Gosto da Lia, porque ela não depende de homem, porque se dependesse todos morreriam, não, eu não gosto do Rafe, acho ele controlador, chato e obsessivo, não me desce, ele muda, mas nada me muda em relação a ele, amo o Kaden, e acho que ele merecia muito mais do que teve, muito mais do que foi mostrado, Kaden é daqueles personagens que quase ninguém gosta, mas como sempre eu amo esses personagens injustiçados. Eu recomendo o livro porque mostra a força de uma mulher sem depender de ninguém, é ela por ela mesma e segue suas intuições, seus planos sem mudar por alguém.



You May Also Like

0 comentários