Resenha - Graça e Fúria, por Tracy Banghart



Resenha:
Serina e Nomi Tessaro moram em Viridia, onde mulheres não tem direitos a nada, apenas para ser dama e aia, mulheres não podem ler, não podem escrever e não podem governar. Os governantes escolhem três graças, que são jovens que vivem ao seu dispor. Serina sempre sonhou e treinou para se tornar uma graça, já Nomi nunca quis ser graça e nunca aceitou as regras, ela aprendeu a ler sozinha.
O herdeiro, Malachi, está à procura de sua graça, Serina vê que é sua hora para realizar seu sonho. Serina vai como graça e Nomi vai como aia. Mas em um encontro entre Malachi e Nomi no corredor, faz com que Nomi seja escolhida como graça e Serina torna sua aia. Nomi roubou um livro da biblioteca do castelo, e Serina foi pega com esse livro e foi mandada para a prisão, enquanto Nomi ficou no castelo como graça.
Nomi conhece o outro filho do rei, Asa, onde começa uma amizade. Serina, na prisão, conhece Valentino, onde também começa uma amizade e uma relação.
Nomi e Serina ficam presas em lugares que não querem ficar e que farão de tudo para sair e para se reencontrar.

Opinião:
Eu gostei muito desse livro, Serina se mostrou uma personagem com um desenvolvimento maravilhoso, Nomi achei um pouco ingênua e desesperada, entendo o lado dela, mas ela que parecia que seria a que lutaria pelas causas, deixa a desejar. Agora os personagens masculinos são bem complicados, nunca fui com a cara do Asa e nem do Malachi, o único que fui com a cara é o Valentino. Eu recomendo muito esse livro, o motivo de Veridia ser desse jeito é surpreendente. Vale a pena ler e estou ansiosa para a continuação, e tenho que dizer que a capa e a contra capa desse livro é maravilhosa. Editora Seguinte fez um excelente trabalho.



You May Also Like

0 comentários